A importância do pré-aquecimento de aviários

19-05-2021 - A criação de aves de corte é uma atividade que exige cuidado e atenção, pois todas as etapas do processo podem influenciar na qualidade do produto final. Muitas vezes, um pequeno deslize pode comprometer a criação adequada das aves.

Oferecer conforto térmico aos pintinhos é essencial para o crescimento adequado do lote.

Uma dessas etapas mais importantes é o cuidado com o período inicial de vida das aves de cada lote. Como as aves ainda são frágeis e estão em plena fase de crescimento, erros cometidos nesse estágio podem prejudicar todo o processo de criação. Por isso é importante desviar destes obstáculos e oferecer às aves o maior conforto possível. E o pré-aquecimento adequado do aviário é o primeiro grande passo para driblar estes futuros problemas.


Um dos motivos para isso é o fato de as aves serem sensíveis a baixas temperaturas em toda a sua vida, especialmente no início dela. Nos primeiros 18 dias de vida os pintinhos sofrem com a variação de temperatura, pois seus corpos ainda não conseguem autorregular sua temperatura com eficiência. Sendo assim, é importante por parte do produtor intervir, controlando a favor da ave o que ela ainda não é capaz de controlar sozinha. Em regiões como no Sul do Brasil, essa medida se faz ainda mais necessária durante o inverno, quando controlar a temperatura se torna um desafio.


A temperatura ideal para a fase inicial de vida do frango é de aproximadamente 32 graus. Quando o corpo da ave atinge ela, os nutrientes da alimentação são melhores absorvidos, o que potencializa o ganho de peso e o desenvolvimento correto do corpo. Caso a temperatura seja desconfortável para o frango, o seu corpo concentra toda sua energia na regulação da temperatura, o que compromete o seu crescimento adequado. Em alguns casos, o desconforto térmico pode ser uma das causas da ascite, também conhecida como barriga d’água, como já vimos em outro post em nosso blog.

O pré-aquecimento deve ser iniciado no mínimo 24 horas antes de o lote chegar ao aviário (idealmente 48 horas), para que todo o ambiente esteja bem aquecido na hora da chegada dos pintinhos. De preferência, a temperatura do aviário deve estar levemente maior do ideal, pois quando as aves chegam ao aviário há uma queda de calor. Então, se a temperatura ideal for de 32 graus, o pré-aquecimento deve ser realizado a mais ou menos 34 graus, por exemplo.


Outro aspecto importante é o fato de os pintinhos sentirem frio primeiro pelas patas e perder bastante calor por esta região do corpo, o que ressalta a importância de se ter uma cama aquecida também.


Parece simples, mas o pré-aquecimento é uma das práticas de manejo mais essenciais e que pode definir todo o futuro do lote. Antes de tomar qualquer atitude que mude a rotina do seu aviário, consulte o técnico de sua integradora. E conte com a Metalzan, que está sempre inovando e trazendo o melhor em soluções para o mercado avícola. A Metalzan Indústria Metalúrgica fabrica estruturas e equipamentos para aviários, dentre eles aquecedores que incluem o único aquecedor automático do Brasil que dosa lenha, briquetes, cavacos e pellets. Conheça nossos produtos clicando aqui.